segunda-feira, 27 de agosto de 2012

Ovelhinhas

Pois é... Quando a gente pensa que a situação está tão ruim que não pode piorar, aí que piora...
Essa semana fui três vezes a HOSPITAIS. E não foi pra trabalhar, não( senão, seria até pouco). Foi pra levar minhas filhas. De novo!
Marido chegou a me falar pra não postar isso no blog, pro povo que lê o blog não pensar que eu não zelo das minhas filhas... porque as meninas vivem doentes!,
Atenção, povo que lê o blog! Eu zelo das minhas filhas, tá? Cuido direitinho. Dou banho, não lavo cabeça muito tarde da noite, enxugo atrás da orelha, enxugo entre os dedinhos dos pés. Troco fraldas regularmente, não espero ficar encharcada, passo pomada a cada troca, levo agasalho quando saio, não saio para lugares muito tumultuados. E desde a Roseola da Laura, nunca mais saíram de casa. Só Bia foi na escola 3 vezes. Mas, não sei o que está havendo... Esses germes americanos, metidos a besta, estão implicados com minhas filhas. Germes de primeiro mundo armados até os dentes! Sai pra lá! Nem vou postar foto das meninas no Hospital, porque daqui a pouco, vão pensar que o blog é de pediatria.  Justo eu que tirei um período sabático pra ficar longe de hospital...
Pra facilitar, é claro que  Beatriz não melhorou com o Clavulin! Apesar de ser a primeira opção em todos os consensos nacionais, internacionais,  intercontinentais e intergaláticos de Pediatria, Infectologia e etc.. Em qualquer bom artigo... É claro que a pneumonia da menina tinha que ser atípica!  Só pra facilitar... Então, depois de passar mal na escola na quinta-feira, buscamos  `as pressas e fomos ao Hospital. Raio X comprometido = trocar o antibiótico...
É claro que a Laura não podia ficar só com a Sexta Doença!! Quis a sétima! Então, ontem lá fomos nós com a menina correndo  pro PS pra tomar Zofran, do tanto que a menina vomitava...Gastroenterite.
Eu estou exausta. E elas, muito mais!
Eu sonhando com o início das aulas... Aguardei ansiosamente este 21 de agosto. Pra que as meninas tivessem o que fazer, o que aprender  e eu pudesse respirar um pouco, claro. Mas... Laura até hoje não foi a escola nenhuma vez (e eu, pagando essa pequena fortuna que é a mensalidade.) Beatriz foi três dias e já faltou dois. (Excelente para a adaptação na Sapolândia!!)
Estou com um monte de boas idéias para os próximos posts, mas como estou privada de sono e de sanidade mental, não sai nada... Tudo que mais quero é que elas parem de adoecer. CHEGA! Perdeu a graça (filho doente nunca tem graça). Mas, perde a graça ficar em um lugar que faz mal a quem você MAIS QUER BEM na face da Terra.
Passamos a primeira semana de volta as aulas, dentro de casa, fazendo massinha (e correndo com criança pra pronto socorro...). E olha que ninguém aqui em casa pede pra mãe fazer uma cobra de massinha, uma minhoca de massinha,  uma panelinha... O povo aqui pede é girafa de massinha, urso-panda de massinha, porco de massinha ... Só pra ajudar uma mãe exausta! Uma mãe que não leva nenhum jeito pra artes manuais, diga-se de passagem...

 Mas, olha que fofo que eu consegui fazer!

Mas, ó, se for pra essas pequenas ficarem bem (TODAS, inclusive a pequena maior), mamãe passa o resto da vida fazendo ovelha de massinha!!



P.S: O título do post é só pra disfarçar, porque o original seria  " Milésima vez - pediatra, febre, farmácia".

9 comentários:

  1. Tchu...
    Sou sua fã. A cada dia mais!
    Quando eu crescer quero ser igual a vc. Admiro que ainda tenha tempo de postar e nos fazer sorrir.
    Quanto as meninas e a saude delas, vou dizer o que todo mundo diz: Deus nao da o frio maior que a coberta! Fique firme, que vai passar essa fase.
    (by the way, Amei a ovelhinha!!!!!!)
    A recompensa quando ve-las com carater formado, dignidade, cuidando bem dos seus netinhos pq foram cuidadas com amor, nao tera preco que pague!
    bjos fiquem bem!

    (aqui nao tenho acento)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Carol!! Adorei ver você por aqui! Obrigada, tomara que tudo melhore, mesmo! Beijim

      Excluir
  2. Oi, e' a Pri, a paulista lembra?? Bom, nao deu pra nao rir com a sua setima doenca, mas aguenta firme,deve ser comum adoecer qdo muda o ambiente da qual as criancas estao habituadas. Forca ai, que vc vai sair dessa viu?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, querida "brazilian mom in Houston!" Claro que lembro. Olha, essa semana eu quase arrumei as malas e fui embora. Nunca pensei que fosse possível tanta doença, uma atrás da outra, sem trégua... Deus me ajude! Obrigada pela força! Beijos

      Excluir
  3. Oi Cris isso é um teste, acho que agora consegui, bjooo

    ResponderExcluir
  4. Cris, espero que as meninas tenham melhorado, nós por aqui adoramos os post, principalmente as fotos, acho inclusive que vc é ótima cronista, beijos a todos e continuem suas batalhas que estaremos por aqui torcendo e para o que precisarem, see you

    ResponderExcluir
  5. OI, Luli! Adorei ver você comentar. Vocês aí gostam dos posts, e eu, aqui, dos comentários! Rsss...
    Quando vocês vêm por aqui? Muuuuita opção pra criança!
    Beijos!

    ResponderExcluir
  6. Oi Cris, que luta heim? Mas espero que as meninas fiquem bem logo. Você está cada dia melhor. Virou uma escritora excelente. Estou com muitas saudades. Bj

    ResponderExcluir
  7. Cristina!! Saudade de você também..
    Parece que as meninas agora deram uma trégua. Deus ajude que fiquem um tempinho - tempão - sem adoecer.
    Beijo!

    ResponderExcluir