quinta-feira, 11 de outubro de 2012

6 meses de América

Eu ia fazer um post contando sobre esses 6 meses, fazendo uma retrospectiva e colocando fotos. Seria um post legal... Mas, tudo que consigo pensar neste momento é em dizer "Obrigada!" 
"Obrigada, Deus."
 E , como "obrigada" não é uma palavra muito poética, eu vou usar o termo "obrigado" a partir de agora, mesmo sabendo que deveria concordar com o gênero de quem escreve. Então, no clima do Thanksgiving (que ainda está longe, mas já estamos no ritmo), o que consigo dizer é isso:

Obrigado, meu Deus!
Obrigado pela oportunidade de estar aqui. Obrigado pelo país, Estado e cidade que nos acolhem.  Obrigado pelo lugar que moramos. Obrigado pelo carro que temos. Obrigado pela MHS, FBA, BDCS (escolas das meninas). Obrigado porque elas vão pra escola sem chorar. Obrigado porque minha mãe ficou comigo esses 6 meses. Obrigado porque estou me virando sem ela. Obrigado porque consigo viver sem empregada e sem babá. Obrigado porque lavar o banheiro não é divertido, mas também não é o fim do mundo. Obrigado porque estou ficando expert em bolo de cenoura. Obrigado pelas duas páginas de scrapbooking que eu fiz. Obrigado porque não engordei. Obrigado porque minha família está mais unida. Obrigado porque aqui, posso passar mais tempo contigo. Obrigado pela First Baptist, United Methodist Bellaire e Congregation Beth-Messiah ( igrejas que frequentamos). Obrigado porque as crianças pararam de adoecer. Obrigado pelo meu casamento que está melhor. Obrigado porque não estou sentindo tanta falta de ser médica. Obrigado pela minha licença-prêmio. Obrigado pela Tua provisão. Obrigado pelo blog e por seus leitores. Obrigado porque aquele calorão passou. Obrigado pelo outono. Obrigado porque não teve furacão, nem qualquer outra calamidade. Obrigado pela família que está no Brasil. Obrigado pela internet, que diminui a saudade. Obrigado pelo whatsapp, com o qual falo com meus irmãos todos os dias. Obrigado pelos amigos amados que lá ficaram. Obrigado pelas amigas brasileiras do grupo Brazilian Moms in Houston. Obrigado pelas pessoas que estão aqui e que nos ajudaram em momentos certos. Obrigado pelas orações daqueles que torcem por nós. Obrigado também pelos que não torcem ( eles são estímulos pra que a gente se supere e faça tudo dar certo). Obrigado pelos meus vizinhos. Obrigado porque estás presente aqui, como estaria em qualquer lugar. Obrigado por tudo!
Em nome de Jesus,
Amém.

14 comentários:

  1. Obrigado ! Só isso que tenho pra dizer aqui!

    ResponderExcluir
  2. Cris!!!!
    ficou lindo seu post de "sechs monate"(seis meses... rsrsr)
    Menina quanta coisa não!! dieferente... (escola, idioma, casa, carro, sem empregada, sem emprego, cozinhar) tudo isso igualzinho pra mim...
    mas sabe o que mais me identifquei neste post com você, foi dizer que sua familia esta mais unida e seu casamento esta melhor.... pra nós também esta sendo assim... isso é bom né...
    É muito duro viver longe, sentir falta das coisas do outro lado (eu sinto muita falta do meu trabalho sabe... mesmo não sendo ele tão legal), sinto muita falta das amigas... da familia nem fale... mas acho Cris que essas fe'rias no Brasil vou poder medir bem o que realmente vale a pena eu ficar sofrendo aqui, quero dizer vai dar pra ver se TUDO isso que sinto falta realmente vale a pena... (é logico que minha familia vale!!!).
    Bom, desejo que vocês sejam muito felizes aí ... que tudo que foram plantar, floresça muito, muito...
    Adoro acompanhar seu blog... gostei muito do seu jeitinho... sempre voltarei aqui...
    beijossssssssssssssssssssss

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Então, Ana. É isso aí, família unida, casamento melhor, o que mais podemos querer?
      Eu sinto pouca falta do trabalho, pra te dizer a verdade. Não sinto falta dos confortos nem dos luxinhos, juro! Só sinto falta mesmo, é das pessoas... Se eu pudesse, traria todos os meus amados pra cá, já que voltar pro Brasil não está nos nossos planos de férias. Mas, toda a minha família vem para o Natal, e passaremos o fim-de-ano na Disney. Acho que não posso reclamar...
      Obrigada por sempre acompanhar o blog! Adoro ter você aqui.
      Que tudo que você plantar, também floresça!
      Beijos

      Excluir
  3. Adorei o post Cris! Muita gente queria ter a chance de viver aqui também, então o que temos é que agradecer por cada momento né?! :)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Verdade, sim, Carol. "Em tudo, dai graças" esse deve ser nosso lema.
      Beijos

      Excluir
  4. Deus abençoe você e sua família linda, que essa jornada seja como um presente Dele pra vocês! Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Amém, aluna querida. A jornada já está sendo um grande presente!! Aliás, o importante é sempre a jornada e não necessariamente o destino, não é mesmo?
      Beijos!

      Excluir
  5. Obrigado por compartilhar com a gente do outro lado da tela. Sou fã da decisão de vocês. Queria ter essa coragem amo tanto os EUA. Deus é um amigo amoroso e abençoa tudo aquilo que a nossa alma almeja. grande beijo, estou sempre por aqui

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada, Simone. Vontade, você já tem, agora falta a coragem. Entregue seus desejos a Deus e veja como Ele te orienta nisso. Beijos!

      Excluir
  6. Um dos post mais lindo que você já escreveu. Me fez pensar em agradecer por todas as coisas boas que tenho em minha vida. Sucesso na jornada!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada, Mermalada. Foi escrito com o coração, por isso você gostou!!
      Beijos!

      Excluir
  7. Cristiane, fico feliz por você, por estar dando tudo certo aí e por saber que você está tendo tempo par sua família e para Deus. Bj

    “Nem olhos viram, nem ouvidos ouviram, nem jamais penetrou em coração humano o que Deus tem preparado para aqueles que o amam.” 1 Coríntios 2.9

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Amém, Cristina. Eu sou muito grata a Deus por essa oportunidade. Foi algo que eu quis tanto, sonhei tanto, e Deus realmente faz mais do que pedimos ou pensamos. Obrigada pelo carinho.

      Excluir