segunda-feira, 19 de novembro de 2012

Para Júlia, nos seus 16 anos


Parece que foi ontem que vi seu coraçãozinho batendo pela primeira vez. Você ainda era "meu filho", porque antes de saber o sexo, todos chamam o bebê de... "o bebê" . Assim que soube que o meu bebê era uma menina, um raio de felicidade iluminou minha vida. Sempre quis ser mãe de menina... Confesso! Que lindo presente de Deus, surpresa dos céus pra mim. Projeto divino...
Passou  mesmo muito rápido... O primeiro chorinho que ouvi na sala de cirurgia, veio logo acompanhado da minha pergunta: "É menina, mesmo?". As mães perguntam se está tudo bem, se a criança é normal, mas eu queria mesmo era ter a certeza de que meu sonho era realidade. Minha menina...
Você cresceu, mas continua sendo e sempre será minha menina.  Aquela por quem meu coração, pela primeira vez, bateu mais forte, que me ensinou o que é o amor incondicional. Amor que só as mães compartilham. Amor que você ainda não conhece...
Com você experimentei ser mãe pela primeira vez. No primeiro sorriso, nos primeiros dentinhos, nas primeiras palavras, nos primeiros passos, nos muitos choros... estive ao seu lado. Cada conquista, uma alegria. O primeiro dia de aula, a formatura do pré, a formatura da quarta série, os recitais de piano, as apresentações de balé, a conclusão do ensino fundamental. Tudo presenciado, guardado em minha memória, registrado em fotos e filmagens que não me deixam mentir. 
Parece que foi ontem seu aniversário de 15 anos! E,  de repente,  o de 16! Que coisa!
Nesses 16 anos, cada ano foi celebrado. Desde o primeiro aninho, sua vida sempre foi comemorada com festa. E com oração. Todos os dias, nas minhas preces, intercedo por sua vida. Uma forma de agradecer a Deus por ter nos dado você, linda e saudável. Não há nada que façamos para merecer isso. Mas, uma coisa podemos fazer: entregar você a Ele todos os dias, com ações de graças e súplicas pra que tudo te vá bem...
Eu te amei com todo o meu amor,  desde o princípio. Não que tenha sido fácil, que a maternidade tenha sido tranquila e que não tenhamos tido erros e tropeços,   porque tudo isso também é verdade. Saiba (e eu sei que você sabe) que te amei com todos os meus recursos... Sei que pode parecer pouco pra você, mas, você sempre teve o meu melhor. 
A chegada das pequenas bagunçou um pouco a estrutura da nossa família... Filhos pequenos são trabalhosos! Você vai ver um dia... Demandam atenção e cuidados específicos e muitas vezes, intensivos. E pode se ter a falsa impressão de que me esqueci de você... Mas, você não perdeu seu lugar no meu coração.  Amor de mãe não se divide. Se multiplica. Apenas, não preciso mais trocar suas fraldas, te dar comida na boca e pentear seus cabelos, porque, afinal, você já consegue fazer essas coisas sozinha... Mas, meu amor por você é tão grande quanto no dia em que tudo isso era necessário. E continuo te amando com todos os meus recursos. Mesmo quando você me odeia. Mesmo quando você me acha louca. Mesmo quando você me deixa chateada. Mesmo quando você faz de tudo para me tirar do sério. Mesmo quando você merece umas boas palmadas. Mesmo quando você brigar comigo amanhã quando ler o post. Porque esse é o amor incondicional. Amor que não se mede. Que não se repete.
Neste dia - que é especial, sim!- eu desejo a você , que Deus te abençoe e te proteja em todos os seus caminhos. Que Ele dirija seus passos pelas veredas planas e justas, que seja seu guia. Que seu coração se alegre sempre, que sua vida seja completa e  que Deus cure todos  as suas feridas.  E que você me perdoe, se eu for responsável por algumas delas... Desejo que você faça boas escolhas, que opte pelo caminho certo, que consulte sempre seus valores e princípios, antes de tomar qualquer decisão. Que nas encruzilhadas da vida, o Espírito Santo te dê o discernimento necessário. Que Jesus Cristo seja seu Mestre, mas também seu amigo. E que você seja plenamente feliz. Por muitos e muitos e muitos anos!
Com amor,
Mamãe

12 comentários:

  1. Parabéns pra Júlia!! Amor lindo esse de mãe e ela é muito linda também! :)

    ResponderExcluir
  2. Parabéns Júlia pelos seus 16 anos e por ter uma mãe maravilhosa como essa!!! Acredite, não se encontra fácil uma mãe como essa aí não. Saudade demais de vcs família!!!

    ResponderExcluir
  3. Nem acredito que consegui deixar um comentário!!!! Kkkkk uhuuuu

    ResponderExcluir
  4. Que lindo!!! Toh chorando! Lembrando de cada momento que estive c vcs... desde o namoro, a noticia da gravidez, o nascimento, as primeiras palavras, os primeiros passos... Julia, vc tb eh nossa filhota, fruto de um grande amor que vi nascer!!!

    ResponderExcluir
  5. Que lindo, Cristiane! Parabéns para a Júlia, essa princesa de Jesus, que além de estar completando 16 anos, tem essa mãe maravilhosa que a ama de forma tão linda. Que Deus lhe abençoe sempre. Abraços.

    ResponderExcluir
  6. Cris, esses dias eu estou com tanta saudade da minha mãe e a sua declaração de amor me deixou emocionada. Principalmente no finalzinho quando você diz "que Jesus seja seu Mestre e amigo", algo que minha mãe me falaria. Parabéns para a sua "pequena" mais velha!

    ResponderExcluir
  7. Que jesus seja sempre o primeiro na vida da sua filhota! (http://www.youtube.com/watch?v=fDW_9qVFooY) e que vocês tenham sempre o espirito santo dentro de vocês, guiando-os em direção a perfeita vontade de Deus!
    Parabéns pelos 16 anos da sua filha!

    ResponderExcluir
  8. Parabens Julia, pelos 16 anos e pela mae! Que coisa linda este texto!

    ResponderExcluir
  9. Julia Parabéns!!!!
    e me comovi ao ler este post... amor lindo!!!!
    você esta linda na foto Julia... LINDA!!!!!
    beijos

    ResponderExcluir
  10. Tchu, amei amei amei!
    Sem dúvidas um dos melhores posts até hj.
    Fiquei emocionada e vendo sua retrospectiva lembrei de mim e da ilka brincando com a ló e a julia pequenininhas.Linda essa amizade delas.
    Bjo grande na nossa outra lil sister de coração.

    ResponderExcluir
  11. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir