quarta-feira, 20 de fevereiro de 2013

Antecedência

Palavrinha mágica na América é essa aí do título de hoje. Eita povo que faz as coisas previamente. Nunca vi desse tanto.  O período para fazer matrícula para o ano letivo 2013-2014 - que só começa dia 21 de agosto - começou na segunda semana de janeiro nas escolas das meninas. E JÁ ENCERROU!! O dia primeiro de fevereiro foi o último dia para entregar os benditos fomrulários. Gente, faltam 8 meses!! Quem entregou, entregou, quem não entregou... bem, se você deixou pra entregar no dia 2 de fevereiro - multinha básica de 200 dólares de ATRASO. E corre o risco de ficar sem a vaga. Na turminha de 3 anos por exemplo, houve 100% de re-matrícula dos alunos da casa. A não ser que alguém desista, já era. Eu, que sou a vice-rainha da última hora (a rainha é minha irmã), sofro com um troço desses. Ah! Como eu sofro! Pensa bem, ter que escolher agora (até o dia primeiro de fevereiro passado) se seu filho vai ou não participar da Summer Program de julho de 2014! Só EU que acho muito cedo pra resolver isso? 
Bom, sobre ser a vice-rainha da última hora, isso é um tanto constrangedor ( Bem, é mais constrangedor se você é de fato a rainha. E estou aqui falando dela sem autorização porque ela não grila - sabe que é verdade!) Bem, eu estou quase sempre 5 minutos atrasada - e isso aqui na América é quase um crime.  Mesmo que eu acorde 5 horas da manhã, com um compromisso `as 8h - o que me dá um tempo razoável pra fazer qualquer coisa - mesmo assim, chegarei no meu compromisso 8:05. Ou 8:02. Ou 8:10. Não importa - não é na hora certa. (Em minha defesa, informo que a rainha oficial chegaria mais ou menos umas 9:20 no mesmo compromisso, né, sister?) 
Estou melhorando, porque aqui a técnica utilizada para romper com este tipo de comportamento  é bem eficaz - eles mexem no bolso. Atrasou pra pegar seu filho? Multa! Mas foi só 1 minuto? Multa. Vocês já sabem. Todo mês pago pelo menos uns 3 atrasos. Por pura falta de organização, já que não tenho nenhum compromisso além da casa e das meninas aqui. Pelo menos, acho que estou melhorando... ou não.

Dia desses foi o Valentine's Day - por isso o blog está todo cheio de coraçãozinho. Vou manter até o fim do mês. Love is in the air.  Mas, eu não sabia - eu juro que não sabia - que eles levavam o Valentine's Day tãããão a sério.  Para ser sincera, eles levam tudo tãããão a sério aqui. Se perguntarem se sabe cantar, não ouse responder que sabe! Porque se você responder que sim, eles esperam que você atinja todas as oitavas da escala, pra frente e pra trás, leia partitura, domine técnicas de respiração e lá vai. Se perguntarem se você toca piano, não se deixe enganar! Não vale tocar Pour Elise, uma ou outra peça de Mozart. Eles esperam que você toque Tchaikovsky, conheça a fundo as obras de Chopin e seja um prodígio de dedos ágeis, e execute as obras mais elaboradas para o instrumento que você disse que sabe tocar. Você disse que sabe!!! (Armadilha pura.) A querida Luana falou exatamente disso há um tempo atrás - ela está na Zoropa e, pelo relato dela,  me parece que lá a coisa também funciona assim...

Enfim: Valentine's Day! ( reparem que foi semana passada e só hoje estou escrevendo sobre isso... atrasada.. Por quê, gente? Por quê? Por quê????) E,  como eu não sabia que eles levavam isso tão a sério - agora eu já sei e vocês também!! - deixei pra comprar as lembrancinhas dois dias antes do dia D. Pecado gravíssimo. Criminosa!!


É assim que funciona: o Valentine's Day aqui não é bem o Dia dos Namorados no Brasil.  Embora inclua namorados e casais, ele engloba todas as pessoas que amamos - amigos e família. Seria mais como um "Dia do Amor"( ai que lindo!).  A tradição é que você faça algo (ou compre, mas, de preferência, faça) para seus "Valentines".  É assim que são chamados aqueles que, digamos, são o alvo do nosso amor. Para as pequenas, o costume é presentear os coleguinhas de classe. Eles então seriam os Valentines delas.  E aí, vocês já viram o grau de profissionalismo. Primeiro, encontra-se de tudo com a temática do Amor. Muito chocolate e muito coração. Corações de todo jeito possível e imaginável. Tecido, forminha de cupcake, saquinho de lembrancinha, fitas, até os saquinhos de colocar o sanduíche vêm estampados com corações nessa época do ano. Chocolate  e doces dos mais variados também. Além disso, todo o arsenal necesseario pra você fazer cookies, doces, trufas, cupcakes e coisas gostosas e engordativas(claro!) dentro da temática. Eu tenho visto a  infinidade de apetrechos e a decoração das lojas desde o início de janeiro. Mas não dei muita bola. Pecado gravíssimo outra vez. Quando faltavam dois dias para o dito dia, eis que a professora  manda por e-mail uma lista com o nome dos colegas para que todos os pais pudessem mandar "Valentines" ( que também é o nome do presentinhos/coisinhas/negocinhos/docinhos/cartõezinhos que as crianças vão trocar no dia 14 de fevereiro).  Então, eu caí na real: eu tinha que fazer os tais trocinhos pra dar pra cada uma das crianças. Compartilhei o meu desespero com minhas amigas brasileiras que já estão muito americanizadas, por sinal:  todas elas já estavam com tudo pronto. Aff! 





Não só compraram os  presentinhos/coisinhas/negocinhos/docinhos/cartõezinhos, como muitas  brazucas prendadas e animadas e mais loucas do que eu, acredite se quiser  tinham feito os negócios, gente! Vocês me acham animada? Vocês não conhecem essas mulheres!! Fizeram ARTESANALMENTE trufas de chocolate, cupcakes recheados em formato de coração, com cobertura cor-de-rosa, cartões pintados a mão, etiquetas personalizadas! Cada coisa linda! E eu "me achando" porque sei fazer ovelha de massinha! Tsc,tsc...  Algumas doidas de pedra mais corajosas  ainda cozinharam jantar especial para os maridos. Juro!! Quase que pedi um autógrafo delas, gente! Mas, não dava tempo. Simplesmente, não dava. Catei as dicas ( obrigada, meninas!) e lá fui eu correr no Target, Walgreens, Walmart, e passar o dia garimpando nas prateleiras o que tinha sobrado da enorme variedade de coisas de Valentines.
Cheguei na Michaels - uma rede de lojas especializada em TUDO QUE VOCÊ PUDER  IMAGINAR PARA ARTESANATO - e cadê os trem?? Perguntei pro moço, cheia de razão: Onde estão os produtos pro Valentine's Day, moço? Ele me mostrou duas míseras prateleiras com o resto do resto do resto do lado de fora da loja no sol quente. Cadê aqueles zilhões de prateleiras lotadas de coração, cupido e blá, blá, blá? Fitilhos e sacolinhas?  Cadê aquela enorme variedade de coisas de Valentines? (Você pensa assim: esse tanto de coisa vai sobrar tuuuudo nas prateleiras... Ledo engano. O povo já tinha comprado tudo, minha gente. No lugar, tinham coisas de Páscoa. Ahmmmm???  Ovos de todo jeito, coelhos de todas as cores, cenouras de pelúcia, e muitos itens com a temática religiosa - cruzes, bíblias, versículos... A Páscoa aqui já começou. 


No final, foi muito bom viver esse momento: interessante e  cansativo  intenso! Acabei a montagem mais de meia-noite ( lembrei no final da tarde das pobres coitadas das professoras e lá fui eu de novo atrás de algo mais apropriado).  As meninas curtiram bastante todo o processo: as compras, a montagem das sacolinhas, a troca de Valentines. Chegaram em casa como quem chega de 15 aniversários ( são 15 colegas): saquinhos, cartões, brinquedos, bolhinhas de sabão, chocolates e etc...)
As comemorações continuam o ano todo. Cada hora uma coisa.  Semana do Buckaroo (cowboy), Saint Patrick's Day, Páscoa, Dia das Mães e por aí vai. Nunca vi tanta festividade! 
Antecedência.
Vamos ver seu eu tenho conserto.

15 comentários:

  1. Pois não é! pense que o fellow do marido só começa em jul/14, mas as entrevistas já começaram. É tudo tão corrido, sempre focando no próximo passo que as vezes eu me pergunto se eles curtem as coisas. Mas olha, aparentemente esse tipo de atividade na escola é levado a sério e a mãe tem de se esforçar para dar conta :). Que bom que as meninas curtiram o processo.

    ResponderExcluir
  2. O jeito é ir acostumando aos poucos.. Umas coisas acho boas, outras acho desnecessárias... Mas, no geral, tem valido a pena. :)
    Beijos!
    Cris

    ResponderExcluir
  3. Eh.. coisa de elfo... o povo tem que fazer tudo antes, tudo arrumadinho, tudo perfeito! Eles nao tem o menos jogo de cintura por aqui com improvisacoes... nao relaxam, nunca! Eu nao sei se vou me acostumar com isso algum dia... Eu passei um Valentines ai nos EUA e foi como voce descreveu, todas as coisas de decoracao SOMEM e o povo fica ocupadissimo preparando tudo, na maior perfeicao...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não é? Coisa de louco!! Eu estou tentando me acostumar, pra poder sofrer menos com o lance da antecedência. Agora, quanto ao profissionalismo, desisto. Não sou a Mulher Maravilha. Só me acho, mas não sou. Deixa os elfos serem perfeitos!! Hahahahaa!!!
      Beijos!

      Excluir
  4. Que legal Tchu,deve ter sido Bem divertido e Tenso.... va se acostumando e fique mais pilhada..saudades e bjao pras cianças TODAS.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Foi sim, mãe. Divertido, tenso. E caro! Hahahaha! De dólar em dólar, gastei bem uma centena de verdinhas.Hehehee!!
      Bj

      Excluir
  5. ETA QUE LOUCURA HEM!
    MAS ACHEI TAO BACANA A FORMA QUE ELES COMEMORAM O VALENTINES DAY, POXA BEM BONITINHO MESMO...
    O BLOG ESTA FOFO!!
    BEIJOS FLOR

    ResponderExcluir
  6. Obrigada, Ana! Legal, mesmo. Mas, muito estressante - porque deixei pra última hora.
    E vc? Já de volta?
    Beijos!

    ResponderExcluir
  7. hmmmm já estou pensando se quero ser sua amiga hehe
    Eu D E T E S T O atraso. Acho uma falta de respeito. E vou embora.Juro. deu o horário, eu mando um text avisando que fui embora. E não adianta falar: mas eu tô a 5 minutinhos daí...
    A menos que vc seja uma dessas pessoas que nunca atrasa, por que imprevistos acontecem, e eu sei disso. Atrasou uma vez? Eu dou um desconto. na segunda, vou embora pontualmente. E não volto mais. sou um doce. :-)

    quanto ao Valentine's day, morro de pena dos adolescentes. Minhas filhas frequentam a escola britanica de Bahrain, no oriente Medio. E lá a coisa tb é levada a serio. As duas voltam pra casa cheias de coraçoes, rosas, presentes e mimos. e eu fico pensando nas crianças que não ganham nada. Como elas se sentem??

    ResponderExcluir
  8. Estou trabalhando nisso, pode deixar! Rsss. Em minha defesa, eu sou a MAIS pontual da família! Casei com mineiro, e mineiro não perde o trem. Marido fica igual uma "formiga atômica" me apressando. E nem sou enrolona, sou enrolada. Entede a diferença? Fico igual uma barata tonta correndo pra um lado pro outro e acabo sempre saindo em cima de hora. Acho que me falta foco, mas nada que uma boa terapia não resolva. E umas mulitnhas. Rsss!
    Quanto ao Valentine's, pelo menos na turma dos pequenos, todos ganham.
    Beijos!

    ResponderExcluir
  9. Querida irmã,
    amei seu post!
    Meu sonho era conseguir fazer as coisas com a antecedencia necessaria, de verdade!
    Mas tem alguma coisa q me impede... (talvez eu tb descubra na Terapia, mas semana passada me enrolei e nao deu tempo de ir, acredita?)
    De qq maneira, sei q o "americam way of life" trará uma bela contribuição pra sua casa. Vou ficar esperando mais dicas!!!!
    Um grande abraço, muita saudade!
    Dinda (de coroa e carapuça...)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ah, e parabéns pelas lembrancinhas das meninas!
      Ficarma lindas! (mesmo tendo sido feitas de "restôi de trem"...kkkkkkk)

      Excluir
    2. Hahahaha! Faz terapia pra tentar descobrir por que chega (sempre) atrasada , mas não consegue descobrir porque chega atrasada a terapia. OU se enrola tanto que perde a sessão. HAHAHAHA! Só você, irmã!

      Excluir
  10. Ah, o seu erro foi ter ido na Michaels! Te conto por que: como a Michaels é a meca das mães que fazem artesanato, essas aí limpam as prateleiras com meses de antecedência, então lá acaba tudo rapidinho mesmo. O negócio nessas horas é ir na Target, que tem muitas opções já prontas, que é pro pessoal que quer resolver logo :-) Eu fui na Target no dia antes e ainda tinha muuuuuuita coisa por lá! Agora já sabe!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu queria TANTO,TANTO ser uma "mãe Michaels"... Estou frustradíssima!
      E, sim, eu fui bater lá no Target, mesmo! Hihihihi!
      Bjs e obrigada por sua participação!
      Cris

      Excluir