sábado, 16 de março de 2013

Heróis

E já dizia Bertold Brecht: "Pobre do país que precisa de heróis." Talvez ele quisesse dizer que um país deveria ter heróis antes que haja uma necessidade de sua presença. Alguns dizem que a falta de heróis ma História do Brasil chega a causar uma carência nacional. Mas será que é o nosso país que nuca teve heróis ou o nosso povo que não lhes dá seu devido valor?
Se paro pra pensar na palavra "herói" no contexto em que se enquadra o Brasil, alguns nomes já me vêm `a cabeça. Talvez, para uns, não seja tão fácil enxergar nossos heróis, porque eles não voam, não tem visão a laser, nem salvam o mundo. Eles são muito mais que isso. São de carne e osso e, cada um com seu próprio dom, tem um jeito de nos salvar por dentro. De heróis na política até heróis na música, na poesia e nos esportes. Não se fala em herói nacional sem falar de Tiradentes, Pelé, Ayrton Senna.
Acontece que nossos grandes heróis estão todos no passado, em uma idade áurea, de certa forma, vivida algumas décadas atrás. Não se pode deixar de lado que toda geração precisa de seus heróis. E eu me lamento ao ver os heróis da nossa geração. MC não-sei-o-quê, participante de BBB e personagem de novela. Não é que não existam heróis. Ministro Joaquim Barbosa é um exemplo de herói que o Brasil precisa. O problema são as prioridades do cidadão brasileiro, que vêm se invertendo com o passar do tempo. É dar importância ao que de fato não tem valor algum. E nessa onda, Messi  toma o lugar de Pelé, Justin Bieber ultrapassa Tom Jobim, e Joaquim Barbosa? Quem é mesmo Joaquim Barbosa?

Julia Tuma


Com muito orgulho, publico hoje o texto da minha filha Julia, que, em um dia desses sem nada pra fazer, resolveu deixar o iphone de lado uns minutinhos, refletir um pouco e mostrar que tem sangue correndo em sua veia literária.



7 comentários:

  1. Caracas....
    Parabéns Julia, texto bacanérrimo...
    Isso prova que o Brasil tem uma juventude "ainda boa, ajustada..."
    Olha seu exemplo, muito bacana mesmo seu texto.
    beijos Julia e mamy

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Também achei lindo, Ana, mas eu sou suspeita...
      Bom saber que existe esperança para as próximas gerações, né?
      Beijos
      Cris

      Excluir
  2. Rensga !
    Ta vendo, falei que tinha potencial !
    Parabens Julia !
    Beijo pra vcs

    ResponderExcluir
  3. Gente, sua filha podia montar um blog, ne? que texto maravilhoso!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu também acho isso, Luana! Até sugeri isso pra ela! Ela e mais duas amigas tinham um blog alguns anos atrás, mas abandonaram a ideia quando o Ensino Médio começou.
      Ela tem um monte de textos e nem me mostra porque diz que tem vergonha... Mas, acho que um dia o blog dela sai. É uma questão de tempo!
      Beijos e obrigada!

      Excluir
  4. Querida Julia,
    amei seu texto!
    Continue escrevendo. E´sempre bom!
    muita saudade!
    bju da Dinda.

    ResponderExcluir