sábado, 24 de agosto de 2013

Back to School - Volta `as aulas - Parte 1


Eu não sei quem foi o louco, ensandecido, que decretou férias de três meses seguidos aqui nos EUA. Com certeza foi uma criatura pouco dotada de inteligência e, obviamente, do sexo masculino. Claro. Daqueles que acham que criança tem que ficar em casa, curtir a família, aproveitar os pais e blá, blá blá, mas eles mesmos saem de casa com a criança ainda dormindo e voltam pra casa com as crianças já na cama. Aí, fica facim, né, não? Felizmente, alguma mulher iluminada, culta e bem-informada, atenta `as necessidades psico-pedagógicas desses pequenos seres em formação que são as crianças - sei que foi mulher -  foi lá e inventou a "Summer School", a Escola de Verão, que é a possibilidade de as crianças irem pra escola durante o período de férias. Aí então, ficou tudo bem, nenhuma mãe perdeu (totalmente) o controle emocional e o equilíbrio interior e todos foram felizes para sempre. Lembremos mais uma vez que na terra do tio SAM, babá e empregada full-time são luxos que muito pouca gente pode ter.
***
Não bastassem três meses de férias seguidos, a escola aqui tem vários "breaks" durante o ano letivo. Tudo aqui é motivo pra dar uma "paradinha" :  treinar os professores, descansar os professores, aproveitar a Natureza, ficar com a família e claro, mais importante: arrebentar com a vida das mães, que não são mães apenas ( como se fosse pouco ser apenas mãe). São motoristas, lavadeiras, passadeiras, arrumadeiras, cozinheiras, governantas de suas próprias casas. Isso quando não são também, -além do já citado- médicas, enfermeiras, advogadas, corretoras, bancárias, vendedoras  e qualquer outra categoria profissional que couber aí.
***
As aulas aqui terminam no final de maio e só reiniciam no final de agosto, ou no início de setembro. Graças a Deus, aqui em casa, as pequenas frequentaram a Summer School (bendita!!) e assim, a minha sanidade mental ficou pouco comprometida. Mesmo frequentando a escola no verão, as crianças tinham um horário mais relaxado, assim como o currículo escolar. Tinha mais brincadeiras do que conteúdo programático, mais tempo no playground, dias de levar bicicleta pra escola, e splash-days ( dias de brincar em piscinas e com aquelas fontes que ficam jogando aguinha  - o calor aqui é de rachar tatu pela cacunda, como diz meu sábio pai).
Eu também deixei elas faltarem aula sempre que tinha uma outra programação em mente e por fim, ficaram 20 dias sem ir a escola no final de julho ( tempo para treinar os professores, descansar os professores, e claro, o mais importante: arrebentar com a vida das mães oferecer as crianças um tempo de descanso com a família. 
***
Finalmente, essa semana, a vida voltou ao normal. A correria do leva e busca, do acordar mais cedo, de ver se tem uniforme limpo e de arrumar o lanche das crianças. A correria de checar tarefas, fazer projetos, e organizar  tudo.

Êta correria abençoada!!



6 comentários:

  1. Nossa, parece até o Brasil com tantos feriados auhauahua mas imagino que deve ser bem complicado mesmo ter crianças em casa 3 meses uaahua haja pique rs

    Kisu!

    ResponderExcluir
  2. Eu adoro post que mostram a maternidade sem o romantismo e real. Porque ter filho deve ser ótimo (se não fosse, você não teria 3 princesas, né mesmo), mas dá trabalho e nem sempre é tudo bom, né?

    Você está estudando para os steps? Eu achei que seu marido é que iria tentar a residência...se você for tentar, lembre-se que é necessário a experiência aqui. Ah, muita força, paciência e neurônios obedientes :)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É bom demais ser mãe, é o meu melhor papel. Mas, meu perfil não é de ficar 24 horas por dia com criança. Tempo nem sempre quer dizer qualidade, não vamos ser hipócritas e dizer que ficamos o tempo todo com nossos filhos. Então, se for pra ficar vendo TV ou brincando sozinhas enquanto a mãe faz tudo, é melhor que estejam na escola, com atividades enriquecedoras e prazerosas. Né não? Preciso de um tempo pra respirar, confesso!

      Excluir
  3. Loucura, Bah!! Você vai ver no próximo post... Aguarde.
    Beijos!

    ResponderExcluir
  4. Cris,
    menina que ferias LONGA!!! aqui é somente em agosto para as escolas acima de 7a nos, o Kindergerten fica Full time, ou seja não para, apenas 15 dias no Natal.
    Que loucura isso hem?!
    beijos e boa semana

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não é demais? Sem contar que é tanto feriado, e breaks que não acabam mais. COisa de louco. Algumas escolas ainda não começaram, só semana que vem. Já pensou? Desde o fim de maio com as crianças sem escola... COitadas das mães! rssss

      Excluir