quarta-feira, 16 de julho de 2014

Será?

Foi tudo lindo. A solenidade da formatura. O baile. A festa. O vestido. A formada mais bonita da turma.
Foi tudo lindo. A família do Brasil toda aqui. A solenidade. A celebração. A música.
Foi tudo lindo. A casa cheia. A casa nova. Ainda não falei da casa nova? Pois é. Foi tudo como manda o  figurino. A decoração. Os amigos. Os presentes. A comida.
Foi tudo lindo. Até mesmo a viagem inesperada ao Brasil. A Cidade cada vez mais Maravilhosa.
A tão sonhada troca do visto. O início oficial do "NeuroAnesthesia Fellowship". A re-entrada nos EUA para um novo tempo.
Mas...
Eu me pergunto se algum dia eu vou ser completamente feliz de novo.
Porque em cada acontecimento, ficou faltando um pedaço.
Um pedaço importante, vital. Um pedaço tão grande de mim, que me roubou a plenitude da felicidade. E o prazer de compartilhar.
Por trás de cada sorriso, uma lágrima. Por trás de cada vitória, um vazio. Por trás de toda beleza, a realidade feia. Aquele famoso silêncio que machuca tanto.
Eu até tento manter um coração agradecido. E olhar pra trás com gratidão e pra frente com fé.
Mas, mesmo assim, eu me pergunto se algum dia,  em algum lugar, eu vou ser completamente feliz de novo.
Peço que sim, mas tenho minhas dúvidas...

Que falta o senhor faz na minha vida, pai!

6 comentários:

  1. Todos os dias me pergunto o mesmo amiga... Será que um dia vou completar a alegria completa? Bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Acho que não nessa vida... Só mesmo na eternidade! Beijos

      Excluir
  2. Oi Cristiane. Me chamo Fernanda e venho acompanhando seus posts desde o início. Moro em Niterói -RJ e, assim como você, sonho em dar uma qualidade de vida melhor pra minha família, principalmente pro meu filho, que tem 8 anos. Eu e meu marido já começamos a nos organizar para morarmos em Orlando. Amei suas dicas e comentários sobre escolas, alimentação, etc. Me entristeci pela sua perda e peço a Jesus que continue e te consolar e guiar os seus passos por aí. Contunuarei a te acompanhar por aqui, torcendo pela vitória dessa família abençoada e corajosa que você tem. Fiquem com Deus!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada, Fernanda. Muitas dicas vieram da comunidade USMLE do falecido Orkut e da Lorna ( do blog Aventuras na Magic City). A página USMLE Brazil do Facebook também tem informações preciosas e depoimentos interessantes. Mas, se precisar de algo mais, estou `a disposição. Boa Sorte!

      Excluir
  3. Oi Cris!
    li seu post hoje, estava fora do circulo da blogosfera a um tempo, voltei!!
    Sobre esse sentimento que você diz, queria saber mais, você se refere a perda do seu pai ou a vida em outro país?? Pois tenho tido crises de tristeza grandes por aqui, sei que quero isso pra Valentina, mas me sinto tão triste, não consigo aprender o alemão, fico só no básico, sinto falta de trabalhar, sinto MUITA falta da família. Esta dificil...
    bom flor vamos conversando
    porem por e-mail pode ser?
    beijao

    ResponderExcluir
  4. OI, Ana! MAndei em-mail pra você! Beijos
    Cris

    ResponderExcluir