quinta-feira, 16 de abril de 2015

Congratulations, you have MATCHED!!

O sumiço foi tão grande, que nem sei por onde começar.
Vou começar pelo começo.
Há aproximadamente 8 anos atrás, o sonho de exercer a Medicina nos Estados Unidos começou a tomar corpo. Aconteceu durante nossa visita ao Arizona e a Califórnia, em dezembro de 2007. Nessa ocasião, entramos pela primeira vez em um hospital americano com a visão de médicos ( eu já havia estado em um hospital em New Jersey uns 25 anos antes, mas como paciente). Na viagem de 2007, foi diferente. Então, a pergunta nos foi feita pela primeira vez: "Por que vocês não vêm pra cá?"
"Não, muito obrigado, temos a vida estabelecida no Brasil."  E  ponto final.
Fomos tocando a vida estabelecida que tínhamos. Fazendo planos, traçando metas, dando aulas. Pós-graduações, mestrados. Trabalhos publicados. Concursos. Foram nascendo mais filhos. Menos plantões.  Alguns cargos assumidos. Outros deixados. Alguns convênios dispensados.  Novas histórias.
Mas o eco daquela pergunta ficou repetindo lá dentro até 2010, mais ou menos. Neste período, algumas consultas informais em fóruns, chats e comunidades do Orkut, enquanto a gente ia levando a vida de um casal de médicos brasileiros com três filhas pra criar. Estávamos muito bem: bem sucedidos e bem estabelecidos, mas não muito satisfeitos - uma dose de mimimi a gente sempre tem. (Vem com o diploma).
 De repente, a pergunta não quis mais calar.  Por que, afinal, a gente não ia pra América? Porque era impossível, ora essa.
As consultas passaram então a ser mais intensas - a comunidade do Orkut ajudou muito. Naquela rede social - que teve sua maior popularidade no Brasil -  conheci gente que tinha conseguido. Médicos brasileiros! Gente como a gente. Quero dizer, uns bons anos mais novos. Solteiros. Recém-formados. Mas tinham conseguido. Estavam nos Estados Unidos como médicos!!
E foi assim, lendo a história de cada um deles, que buscamos inspiração para nossa história.
Fomos vendo gente como a Thaís, o Marcone, o Henrique, o Léo Batista, e tantos outros... Fomos vendo eles conseguirem!! Seus depoimentos nos deram força. A Arlete! Sábias palavras da Arlete.
O processo era muito burocrático. A faculdade deveria ser contactada ( depois de tantos anos!!) , nossos históricos, formulários, diplomas, traduções juramentadas... Form 183, Form 186, ECFMG, USMLE, tudo parecia tão confuso. Mas fomos criando coragem. E fazendo tudo step by step. Literally.
A decisão de vir foi sedimentando em nossos corações até se tornar algo calmo e possível. Não foi de supetão, não foi do dia pra noite.  As ideias foram saindo da cabeça, indo pro papel, saindo do papel e indo pra vida real.
Foi assim com muita vontade, um pouco de coragem e um tanto de medo que viemos. Tudo regado a muita oração - porque a gente não é forte e seguro o tempo todo.
Viemos com visto F para estudarmos em tempo integral para o que seria nosso objetivo final - o MATCH. Tiramos filhos da escola, deixamos empregos, fechamos consultório e desprendemos de muita coisa. Ficamos mais leves pra recomeçar.  E, de repente, nossa vida se resumia em nove malas.
(No dia 9 de abril de 2012 chegamos aqui e um pouco dessa história você pode conhecer lendo os posts dessa época).
O caminho foi curso de inglês ( Sim, precisava!)  e preparatório Kaplan para USMLE  presencial. Algumas portas tivemos que bater, fazer a nossa parte e fazer pesado! ( Deus ajuda quem cedo madruga...) Mas, outras se abriram, miraculosamente, com uma dose inquestionável de sobrenatural ("Aos seus amados, Ele dá enquanto dormem...") E foi assim que surgiu a Pesquisa no MD Anderson, o visto J1 e o fellowship na Universidade do Texas.
Há exatamente um mês, no dia 16 de março de 2015, recebemos o email que vislumbramos pela fé nos últimos 3 anos - "Congratulations, you have matched."


Essa é a cara de felicidade do futuro residente de Anestesia da University of Mississippi  Medical Center UMMC


Poucos sabem o peso e o significado dessa frase. Para os que já leram, you know what I'm talking about... Para os que ainda sonham, espero servir de estímulo.
Pra quem não sabe do que eu estou falando, não conseguirei explicar o inexplicável. É difícil - quase impossível - falar que essa alegria que não cabe no peito significa um passo pra trás. Um passo  ENORME pra trás. Pra se ter uma ideia,  no ano que  inicia em julho de 2015, ele será um PGY1 - um interno/ um R1... E estamos felizes!!!!
Sim, estamos celebrando nos EUA o que ele já conquistou há 19 anos no Brasil. Fará Residência de novo. Mas significa muito. É esse passo imenso pra trás que nos permite dar um passo maior ainda pra frente. E esse passo vai mudar a vida das minhas filhas.  Para isso deixamos tudo pra trás e embarcamos rumo ao desconhecido.
No estacionamento do supermercado, não seguramos as lágrimas. E choramos de felicidade. Não se engane, ainda temos muito chão pela frente. Novas histórias para serem escritas. Novos desafios. Mas essa foi definitivamente, a maior vitória dos últimos 3 anos. Talvez, a maior conquista de nossas vidas. E por isso, somos gratos. Somos conscientes da nossa força e das nossa fraquezas, não somos melhores que ninguém, mas também não somos piores. Teve  esforço, mas acima de tudo, teve Graça.

Jackson, There we go!


"Conheço as tuas obras; eis que diante de ti pus uma porta aberta, e ninguém a pode fechar; tendo pouca força, guardaste a minha palavra, e não negaste o meu nome." Ap. 3:18











23 comentários:

  1. A história de vocês inspira! Meus parabéns! =)

    ResponderExcluir
  2. Parabéns Cristiane! A história de vcs dois é inspiradora! Eu e minha esposa estamos encarando essa empreitada também. Vou mostrar o seu blog pra ela, muito legal!

    ResponderExcluir
  3. Parabéns a família toda! Deus Abençoe este enorme passo na vida de vocês.
    Vou copiar a mensagem que deixei no Face.
    Bom dia, Cristiane e Cristiano. Não li ainda este post de vcs. Acompanho o blog já faz quase um ano quando iniciei a pesquisar sobre o proceso de revalidação. Assim como a Paula R. Santiago Focante disse, é uma energia e fonte de inspiração para nós veteranos. Sou casado e com filhos pequenos e sei o quanto não é fácil a nossa rotina. Eu vejo a minha esposa no seu papel de companheira e Dona da Casa. Ela é médica mas atualmente é 110% mãe e família. Pretendo chegar perto do papel que o Cristiano está desempenhando. Gosto de desafios e farei tudo isso pelos meus filhos. Que Deus abençoe esse novo caminho na vida de sua família!

    ResponderExcluir
  4. Congrats !!! Deus e muito bom, e bom a gente sempre buscar novos horizontes e quem morre no mesmo lugar é arvore... America is the land of free

    ResponderExcluir
  5. Parabens! Ja tinha lido quando seu esposo matcheou...e me interessei por que tambem tenho 20 anos de formado e irei fazer o step 1, l know what you talking about...Sucess to you, God bless!

    ResponderExcluir
  6. Parabéns pela persistência, pela fé e pela paciência. Nada vem de graça, mas vem pela graça de Deus.
    Felicidades,
    Rogeria

    ResponderExcluir
  7. Antes de mais nada, quero dar os parabéns ao Christiano pelo Match! Muito sucesso nessa nova etapa.

    Há alguns dias atrás, meu namorado, também médico e aspirante à residência americana, encontrou esse blog. Como ele anda estudando muito para o Step 1, ainda não conseguiu ler, mas eu já li o blog inteirinho! Fui de trás pra frente para conhecer melhor a história de vocês e acompanhar o processo. Me emocionei com os primeiros posts, em que o Christiano descreve as dificuldades pelas quais passou para conseguir fazer faculdade. Ri das pérolas da Lalinha e da Bia. Sorri ao ver as fotos de natal em família, bem no estilo americano. E senti uma pontinha de inveja vendo a linda Julia nas fotos de formatura (também sempre foi um sonho meu fazer a high school nos Estados Unidos, tive a oportunidade de fazer apenas o elementary e um ano de middle school). E comecei a admirar cada vez mais a Cristiane, que largou uma vida de médica, professora, diretora, para ser uma humilde dona de casa, enfrentando todos os desafios que vem junto. Aja coragem!

    Enfim, sei que vocês não me conhecem, mas ao ler o blog pessoal de uma pessoa, a gente já se sente amigo, sabe? Também tenho um blog, onde passei a contar sobre a nossa caminhada para o tão sonhado Match, se quiserem dar uma olhada e saber mais um pouco de nós. Espero que possamos manter contato para conversarmos sobre coisas em comum e trocarmos experiências.

    Deixo aqui a minha profunda admiração e um beijo em todos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Desculpe a demora em responder. Estou reativando o blog. Espero que vc leia essa mensagem.
      Obrigada pelo carinho, pelo tempo para ler as postagens. Escrevo com o coração e me alegro de verdade quando alguém diz que gostou.
      Espero que vocês animem, torço pra que consigam!
      Boa sorte
      Cris

      Excluir
  8. Eu estou tão feliz com essa conquista, tão feliz! Fiquei arrepiada lendo o post. Sabe, as vezes acompanhando colegas médicos do meu marido pelo FB, vejo que eles compraram casa, têm carroS, viajam -claro, tudo fruto de trabalho pesado!- e a gente ainda nem começou a vida por conta de fazer a residência aqui, mas tenho certeza que foi a decisão certa, apesar da saudade, apesar da vida de estudante eterna, a gente há de colher bons frutos. Agora que estamos mais próximas, quem sabe a gente não se encontra né?

    ResponderExcluir
  9. Não sei se me alegro ou se choro... por um lado fico super mega feliz com todas as vossas conquistas... sei bem o vosso percurso e vossas batalhas, mas por outro lado vou ficar sem a minha best Bible teacher ever... e uma amiga muitooooooooo querida... espero que voces venham cá de vez em quando pelo menos nos dar um oi. Bjssss

    ResponderExcluir
  10. Nossa, parabéns!!! Fico feliz que Vcs compartilhem com a gente suas experiências! Tenho 16 anos de formada, tb sou anestesista e decidi começar o processo para tb recomeçar nos EUA.
    Tenho uma vida profissional boa no Brasil, mas confesso q quero um lugar melhor pra criar meus filhos.
    E ver a historia de Vcs... Mais velhos, com filhos... Só faz dar o estímulo de que com perseverança tudo pode dar certo.
    Boa sorte na nova fase!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada, Luciane!
      Se isso é o que vc quer, desejo força! E sucesso! Qq coisa, estou `a disposição. Desculpe a demora, estou reativando o blog e serei mais rápida das próximas vezes!
      Abraço
      Cris

      Excluir
  11. Parabéns!!!! Pela luta e pela conquista!!
    Abraço
    Ana

    ResponderExcluir
  12. Parabéns a vocês, pois é uma conquista da família. Também sou anestesista, há 8 anos, médico há 13. Em 2017 vou com minha família pra seguir a mesma trilha de vocês. Eu pro Kaplan Complete Prep, minha esposa pro pós-doutorado e nossa menina para a 2ª série. Ver a experiência de vocês é inspirador e reconfortante, pois realmente não é fácil largar as conquistas materiais e pessoais pra começar tudo de novo, ainda mais como "underdog".

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A luta é grande, árdua e sofrida. Não espere nada diferente! Mas a vitória - que ainda não colhemos - será certeira! E o caminho, mesmo cheio de obstáculos, oferece uma vista linda! Mas, tem que ser meio Thundercat, sabe? Ter visão além do alcance...
      Desejo boa sorte!
      :)

      Excluir
  13. Tchu!! Estou sem Facebook e esses dias atrás resolvi procurar seu blog, mas uma vez,me encantei. Você é melhor que Martha Medeiros pra mim. É inspirador te ler, da vontade de largar tudo e fazer medicina, plantar flores, cozinhar lombo, e ter família!
    Então é isso que vou fazer, já comecei meus estudos e no meio do ano presto vestibular! Obrigada por ser inspiração, por conseguir escolher as melhores palavras para expressar seus pensamentos. Que Deus continue abençoando você e sua família, que sonhos nunca parem de brotar em seu coração, para que você continue os realizando! Beijão!

    ResponderExcluir
  14. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  15. Obrigada, Joice querida! Que bom que você gosta! O feedback dos leitores é sempre motivo de grande alegria. Ainda mais de leitores e amigos! Beijos!

    ResponderExcluir
  16. Parabens!!! Muita coragem e determinacao compensadas! Continuem em frente, seus filhos com certeza o tem como herois :) tamo juntos! (PGY2, ObGyn - Brooklyn)

    ResponderExcluir
  17. Teve esforço, mas acima de tudo, teve Graça.
    Foi maravilhoso poder ler isso! Parabéns! Estou chegando!!!

    ResponderExcluir
  18. Parabéns pelo Blog, pelo seu talento em construí-lo, pela coragem em enfrentar tais mudanças, pelo esforço, pela fé, pelas conquistas! Estou torcendo por vocês! Torcendo pelo seu resultado! ;)

    ResponderExcluir